Início » Como Funciona o Mercado de Afiliados?

Como Funciona o Mercado de Afiliados?

por Guto Campos
Mercado de Afiliados

Você já ouviu falar do mercado de afiliados e das vantagens de atuar neste mercado?

Então este artigo é para você!

Se o seu desejo é ter independência financeira ou fazer uma renda extra trabalhando pela internet, o mercado de afiliados pode ser uma excelente opção.

Neste artigo, vou te contar tudo sobre o mercado de afiliados, suas vantagens, tipos de remuneração e como iniciar no ramo, detalhadamente!

Então vem comigo até o final.

O que é o mercado de afiliados?

De modo geral, o mercado de afiliados (também conhecido como marketing de afiliados) é uma área do marketing voltada para a produção e venda de produtos.

Tanto físicos quanto digitais.

Posso citar como exemplos desses produtos os cursos online, e-books, vídeo aulas e mentorias.

O que diferencia o marketing digital de uma venda comum é que para que a venda aconteça, é necessária a divulgação desse produto por meio de terceiros, que possuem um link de compra e o compartilham na internet.

Este link, conhecido como hotlink, pode ser compartilhado em redes sociais, blogs e sites.

e tudo isso depende da estratégia que o afiliado adota para atuar no mercado e realizar as suas vendas.

Assim, a cada venda realizada, este terceiro recebe uma comissão como forma de remuneração.

Perceba que este é um mercado com um funcionamento simples, sem muito segredo ou muitas complicados.

Entretanto, não subestime o mercado de afiliados, pois para ter bons resultados, é necessário trabalhar com estratégia e persistência, assim como analisar muito bem o produto antes de se afiliar.

Ainda está confuso? Calma que eu te explico!

Principais figuras do mercado de afiliados

Principais figuras do mercado de afiliados

Para que este mercado esteja em pleno funcionamento, como uma engrenagem, existem três figuras atuantes dentro do mercado de afiliados, sendo os infoprodutores, os afiliados e os clientes.

A seguir, vou falar de cada um deles e a sua função dentro do mercado.

Infoprodutores

Os produtores, também conhecidos como infoprodutores, são as pessoas físicas ou jurídicas que criam o produto, seja ele qual for.

Sendo assim, essas pessoas são responsáveis por todo o conteúdo, estrutura e construção do produto final, o qual é cadastrado na plataforma e disponibilizado para afiliação.

Além disso, os infoprodutores também são responsáveis pela definição e pagamento de comissões dos afiliados, que é a próxima figura que vou falar.

Afiliados

Já o afiliado é a pessoa responsável pela divulgação do produto, funcionando como uma espécie de vendedor.

Assim, o afiliado tem como função divulgar o link e convencer o cliente a comprar o produto por meio das estratégias de marketing digital, atingindo o público-alvo correto.

Contudo, é importante dizer que o trabalho de um bom afiliado vai muito além da divulgação do link de compra.

Um afiliado de sucesso é aquele que visa não só as vendas, mas também o crescimento da marca/produto.

Criando meios e estratégias que elevem este produto à outro nível, chamando a atenção dos clientes.

Normalmente, os afiliados trabalham com a divulgação dos links de compra por meio da produção de conteúdos em sites e blogs.

Atraindo os clientes e convertendo-os por meio deste conteúdo.

Clientes

O que seria do mercado de afiliados sem os clientes, não é verdade?

Os clientes são as pessoas que possuem interesse no produto e que realizam a compra, os quais são atraídos pelos afiliados, que oferecem uma solução para um problema ou para uma dor.

Como funciona este mercado?

Agora que você já conhece as figuras que fazem parte do mercado de afiliados, vamos falar sobre o funcionamento e a dinâmica dele.

Antes de tudo, você deve escolher uma plataforma que ofereça um bom programa de afiliados, onde você faz o seu cadastro, se afilia e recebe as suas comissões.

Contudo, é importante estar atento e verificar os seguintes aspectos dentro da plataforma de afiliados escolhida:

  • Se a plataforma oferece meios de pagamento exclusivos, dando muito mais segurança para o afiliado receber as suas comissões;
  • Facilidade no momento da compra, oferecendo mais de um método de pagamento para o cliente, diminuindo a possibilidade de abandono do carrinho;
  • Opção de bônus para os afiliados que também atuam como produtores de conteúdo, que é um dos pilares do marketing digital;
  • Cupons de desconto para os clientes que já acompanham a marca nas redes sociais;
  • Facilidade no diálogo entre o produtor e o afiliado, que devem ter uma comunicação clara e direta, tirando todas as dúvidas que possam surgir;
  • Política de proteção de dados, mantendo os dados dos clientes e dos afiliados em segurança caso haja algum tipo de invasão ou ameaça nos servidores.

Perceba que se afiliar é muito mais do que pensar em uma boa comissão e divulgar links, mas é estar seguro para atuar no mercado de afiliados.

Tipos de afiliados

Nesse sentido, existem dois tipos de afiliados atuando no mercado.

E saber sobre eles irá te ajudar a escolher qual a opção que mais se adequa ao seu perfil.

Afiliado árbitro

Afiliado árbitro

O primeiro tipo de afiliado é o afiliado árbitro, que é a pessoa que afilia aos produtos.

Sem ter experiência, conhecimentos prévios ou autoridade no mercado.

Normalmente, este afiliado é a pessoa que atua no mercado de afiliados com o objetivo de ter lucros e vender bastante, gerando uma renda extra para si.

Além disso, esse afiliado geralmente não aparece falando sobre o produto.

Portanto ele investe no marketing de conteúdo, redes sociais, tráfego e mídias pagas, com o objetivo de atrair o cliente, e apenas isso.

Assim, o papel deste afiliado é apenas convencer e encantar o cliente a comprar o produto vendido, ganhando a sua comissão a cada venda.

Afiliado autoridade

Já o afiliado autoridade está em outro nível, e tem como principal estratégia se destacar no mercado por meio da sua expertise e autoridade no nicho em que atua.

Além disso, o afiliado autoridade também é aquele que visa a construção de um relacionamento com o público.

Gerando confiança e educando esse público, preparando-os para a venda.

Aqui, podemos citar como exemplos os experts no mercado e os influenciadores digitais, que divulgam o produto com base na sua imagem e importância para os seus seguidores.

Normalmente, esse afiliado aparece bastante, faz resenhas, dá opiniões sobre os produtos, sempre está em contato com a marca e demonstra com autoridade a eficácia do produto divulgado.

Tipos de divulgação

Custo por mil impressões (CPM)

Conhecer o tipo de divulgação e de pagamentos das plataformas é essencial para que o afiliado saiba escolher qual o melhor programa de afiliados para investir.

Basicamente, existem 04 (quatro) tipos de divulgação, sendo o CPV o mais comum de encontrar.

Deixa eu te contar um pouco sobre cada um.

Receba por Impressões (CPM – Custo por mil impressões)

O primeiro tipo de divulgação é o custo por mil impressões (CPM).

Que possui um valor fixo, o qual é determinado pelo anunciante e pago sempre que a página atinge a métrica de mil visualizações.

Neste caso, a afiliado deve ter experiência com a produção de conteúdo em sites e blogs, incluindo a otimização dos mecanismos de busca (SEO), para que os clientes cheguem até o seu blog.

Receba por Ação (CPA – Custo por ação)

No custo por ação (CPA), o afiliado recebe pelas ações dos visitantes na página de vendas ou ainda onde o link for divulgado.

Sendo assim, são válidas ações como o cadastro na página, envio de mensagens e dúvidas e até mesmo a compra de um produto.

Nesse sentido, o afiliado deve criar campanhas que estimulem o cliente a interagir com a página e com o conteúdo presente nela.

Neste caso, o afiliado deve utilizar textos e escrita persuasiva, oferecer vantagens e criar uma página que seja acessível e fácil de navegar, fazendo com que o cliente permaneça ali e interaja.

Receba por Clique (CPC – Custo por clique)

Quando falamos da divulgação que considera o custo por clique (CPC), o afiliado recebe por clique no link de divulgação, banners, anúncios ou qualquer tipo de mídia e publicidade divulgada pelo afiliado.

Perceba que o CPC é exatamente o inverso do CPA.

Já que não demanda nenhum tipo de ação na página, apenas o acesso do link de divulgação.

Sendo assim, o afiliado deve se atentar à criação de estratégias que estejam ligadas ao encantamento, chamando a atenção do cliente para que ele clique no link ou na página em questão, convertendo os clientes.

Receba por Venda (CPV – Custo por venda)

Por fim, temos o custo por venda (CPV), que tem como base da comissão a efetivação da venda do produto.

Neste caso, o afiliado deve criar estratégias que convençam o cliente a realizar a compra de fato, e aqui entram as definições de estratégias de marketing digital e a construção de um canal seguro com o cliente.

Agora que você já conhece os tipos de divulgação, vamos falar sobre os melhores programas de afiliados existentes no mercado atual.

Melhores programas de afiliados para se cadastrar

Como falei anteriormente, para escolher um bom programa de afiliados, é importante ir além do pensamento financeiro e buscar a segurança e o suporte para o afiliado.

Além disso, considerar a experiência e a confiabilidade na plataforma também auxilia na escolha de uma plataforma responsável e segura para trabalhar.

Existem no mercado, centenas de Programas de Afiliados no mercado, mas nesse artigo quero destacar as 05 (cinco) opções de plataformas que oferecem os melhores programas de afiliados, vamos lá.

Hotmart

Afiliado Hotmart

A primeira opção é a Hotmart, que é uma das plataformas mais populares no mercado de afiliados.

Inclusive tenho um artigo inteirinho dedicado a essa plataforma, vale a pena dar uma conferida.

A Hotmart é a maior plataforma no comércio de infoprodutos, incluindo cursos, e-books, mentorias, vídeo-aulas, dentre outros produtos digitais.

Quanto as comissões, elas são pagas pelo próprio infoprodutor, de acordo com o tipo de divulgação e com o percentual definido em cada produtor.

Amazon

Outra opção de plataforma de afiliados é a Amazon, que possibilita a afiliação em seus programas de assinatura, como por exemplo, a Amazon Prime Video, e paga 15% de comissão pelas vendas.

Esta é uma opção excelente para quem já possui imagem e autoridade no mercado digital, e que consegue influenciar o seu público a consumir esse tipo de serviço.

Eduzz

Dentre as grandes plataformas de infoprodutos, temos a Eduzz, que atua de forma semelhante à Hotmart.

Entretanto, a Eduzz possibilita a venda de produtos físicos, pagando a comissão dos afiliados com base nos tipos de divulgação.

Uma das grandes vantagens de trabalhar com a Eduzz é que ela oferece várias ferramentas que facilitam a divulgação dos produtos, assim como o controle das vendas e das finanças dentro da própria plataforma.

Afiliados

Apesar de não ser uma plataforma tão popular, a Afiliados une os marketplaces como as Americanas, Submarino, ShopTime e Sou Barato em um único lugar.

Assim, os vendedores ganham comissão por meio da recomendação dos produtos da loja e de outros vendedores, utilizando um sistema de divulgação de links.

Magazine Você

Outra opção para se afiliar é por meio do Magazine Você, onde os afiliados podem criar a sua loja virtual, contendo os produtos que serão divulgados e recebendo a comissão por cada venda efetivada.

Vantagens de atuar no mercado de afiliados

O mercado de afiliados é um dos mercados que está em ascensão, embora algumas pessoas acreditem que ele é um mercado saturado e que não vale a pena investir.

Contudo, é importante dizer que o mercado de afiliados exige dedicação, persistência e análise antes começar a ganhar dinheiro e se tornar independente.

Dito isto, vamos às vantagens de atuar no mercado de afiliados:

  • Possibilidade de ganhar dinheiro por meio da internet e ter a sua independência financeira;
  • Não exige grandes volumes de investimento, salvo os casos que investem em mídias pagas;
  • Não é necessário ter experiência prévia nem possui um produto, já que o papel do afiliado é divulgar outros produtos;
  • Atividade livre de impostos, taxas de envio ou quaisquer custos sobre o produto, já que tudo isso está sob a responsabilidade do produtor e da plataforma.

Conclusão 

Atuar no mercado de afiliados pode não ser tão fácil quanto se imagina, já que demanda do afiliado bastante estudo e dedicação para ter bons resultados.

Entretanto, com persistência e dedicação, o afiliado pode trilhar a sua própria jornada, saindo da posição de afiliado e se tornando um produtor ou ensinando outros afiliados a terem sucesso, com base em sua experiência.

Assim, se você deseja ter independência e trabalhar com a internet, o mercado de afiliados é uma excelente opção para considerar.

Tenho um presente especial para você que leu até aqui!

As regras mudaram!

Como Viver de Internet em 2021?

Baixe o E-book GRATUITO e aprenda como ganhar dinheiro na internet a partir de hoje!

    Artigos Relacionados

    Deixe um comentário

    Este website utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.
    Aceitar e Fechar